Assinatura do autor
Espólios
LEIRIA, Mário Henrique, 1923-1980
BNP Esp. E22
Imagem devolvida: poema-mito, de Mário Henrique Leiria, 1950. BNP Esp. E22/5
Imagem devolvida:
poema-mito
,
de Mário Henrique Leiria, 1950.
BNP Esp. E22/5

Poeta, contista e pintor, Mário Henrique Leiria fez parte do Grupo Surrealista de Lisboa que se apresentou ao público na "1ª exposição dos Surrealistas", em 1949. Reincidente no ano seguinte, assinou diversos "manifestos" e outras intervenções do movimento (com destaque para a Afixação Proibida, de 1949, que também redigiu). Desses anos deixou inéditos três "livros de autos": Climas Ortopédicos, Claridade Dada pelo Tempo e Pas Pour les Parents. Da sua obra impressa destacam-se os Contos do Gin Tónico e Novos Contos do Gin, 1973 e Imagem Devolvida, 1974.

O espólio (6 cx.: 325 docs.) conserva manuscritos do autor (prosa, desenhos e traduções), alguma correspondência, documentos biográficos, fotografias, bem como alguns recortes de imprensa, exemplares de alguns catálogos e manifestos daquele Grupo Surrealista e manuscritos de terceiros. Cruzeiro Seixas conservou alguns dos seus manuscritos que integram o acervo com o seu nome.

Doado à Biblioteca Nacional, pela Associação Portuguesa de Escritores, em Janeiro de 1990.

Instrumento(s) de Pesquisa:
Inventário
Base de dados
© 2004 Biblioteca Nacional de Portugal. Actualizado a 2004/05/03